Powered by Bravenet Bravenet Blog

13/3/2014

0:02

TCHIVINGUIRO + 1 "CAUSO"...AGORA SIM É O WADINGTON!......by Antero Sete


Nunca imaginei que ao lembrar do "passarolo" iria provocar tanta movimentação e comentários por parte dos amigos colegas e, parafraseando o nosso nobre colega Couceiro da Costa "Procópio", com a devida vénia: "o velho espirito de camaradagem se mantém pelos tempos e, direi mais, ad iternum!"
Os meus agradecimentos a todos!

Postei de novo a foto do MARABU "CAETANO" para que possam acompanhar e comparar a descrição do perfil que vou fazer do Sr. CARLOS WADINGTON FERNANDES (?) valoroso motorista do D. Sebastião "O Desejado", cavalheiro, que segundo ele mesmo se atribuía, "descendente da nobreza inglesa"!
Era meu desejo que a foto ficasse parelha com a descrição, mas como com a minha natural inépcia não consegui, vocês terão que vê-la no final do arrazoado!
No inicio de uma ensolarada manhã de 1959, os colegas que desceram para tomar sol naquele mal falado murinho de frente para o Internato, do lado direito, após o matabicho e antes da primeira aula, tomaram o verdadeiro susto e os mais susceptíveis e sensíveis aos mistérios dos espíritos, ao depararem-se com uma figura postada no átrio que antecedia a entrada no edifício, deram meia volta e abalaram aos gritos: "O Caetano ressuscitou! O Caetano ressuscitou!"...os mais afoitos, prudentemente, foram-se chegando, mantendo a relativa distância de um bem comportado "bom dia!"
E como aquela figura, que nos remetia à memória do Marabu "Caetano", naquele cumprimento matinal nos pareceu ser sociável, fomo-nos aproximando e puxando conversa: " O Sr. é o novo Professor?" , " Não, eu sou Wadington Fernandes, descendente da realeza inglesa!", "Aaaahhh!" retrucamos nós embasbacados, pobres plebeus, por termos o privilégio de dirigir palavra a tão nobre criatura. A nossa perplexidade foi interrompida com o som da campainha convocando para a primeira aula.
Durante toda a manhã ficou sempre na nossa cabeça, aquela criatura, cujo perfil nos remetia ao Marabu "Caetano" e o mistério ficou maior porque o homem sumiu até à hora do almoço, quando o nosso colega e Regente de Internato Duarte "Fiúza", depois de nos ver acomodados nas mesas, pediu silêncio: "Quero apresentar a vocês o SR. Wa...Wadington e, olhando para a figura:"é isso mesmo?" Wadington Fernandes, que vai ser o motorista e responsável pelo nosso maximbombo!"
Quebrado o mistério, após o almoço, logo começaram as comparações: "Quem diria, até parece que o "Caetano" reencarnou,no corpo desse homem,olhem só pró perfil pescoço recolhido entre os ombros, parecendo que a cabeça se apoiava directamente nos ombros, aquela enorme botequilha presa entre os lábios, parecendo um longo bico, e o corpo seco, ligeiramente desproporcionado em relação ao maior comprimento das pernas!" Até que alguém, muito confraternizador se foi chegando e dizendo: " O Sr. se parece muito com o "Caetano!" "Ai sim? e quem era o "Caetano?" perguntou o Wadington, sem tirar a botequilha da boca. "Era uma ave que nós tinhamos aqui..." e aí, incrédulo, parecendo não ter ouvido muito bem..."Uma ave? "Caetano"?...e abrindo um berro: "Caetano" é o ... (bom, eu não vou escrever, mas é aquilo que os homens têm entre as pernas!).
A partir daí acabou o sossego do pobre Wadington e sempre que chegava gente nova, pediamos ao novato que fosse ao "Sr. Caetano" perguntar a que horas é que saía o maximbombo ou até mesmo cravar um Caricoco. E sabiamos que o pedido tinha sido feito porque até o povo da nascente escutava, lá longe, aquele grito: "Caetano é ...c...!" 
A partir daí o "Caetano" (H. sapiens"), tal e qual o outro "Caetano" (L. Crumeniferus)
fácilmente se enturmou com a rapaziada e até nos foi ensinando alguma coisa, em relação à masculinidade, dele... e não só, porque quando perguntado ou posto em duvida sempre dizia: "Enquanto houver lingua e dedo...não há mulher que meta medo!"
Só para constar, nenhum dos dois "Caetanos" ainda está no Tchivinguiro por isso,não precisam de sair correndo para lá...para o conhecerem, claro!
Me desculpem e...aquele abraço!
4 Comentários.

Posted by Tchivinguiro WebServices:

Manuel António Nascimento Coutinho
E assim se vai escrevendo a HISTÓRIA DO TCHIVINGUIRO....

Hernani Torrinha
Antero aonde foste buscar essa do Nobre procópiuo ?

Antonio Jose Tavares
Antero Gonçalves ,tenho seguido com apreço as descrições que vai fazendo.São retratos vivos de episódios passados.Narrativas mais ou menos pormenorizadas que muito dizem a alguns de nós e contribuem para a pintura de uma bela tela, plena de momentos pitorescos, com pitadas de um burlesco que dispõe bem.Avivam as memórias de outrora, vividas com intensa vivacidade,ao mesmo tempo que ajudam a permanecer e fortalecer os laços da família Tchiviguirista.Não me recordo de nos termos encontrado na Escola e daí, presumo, não existir um conhecimento pessoal, o que me daria maior "proximidade" para endereçar os meus cumprimentos de parabéns.De qualquer forma faço-o aqui ,como Colega, e com muito prazer.Saudações e um abraço.
13/3/2014 @ 0:08

Posted by Vimax:

Vimax
29/7/2016 @ 14:19

Posted by KLG HERBAL:

KLG HERBAL
29/7/2016 @ 14:20

Posted by OBAT THORS HAMMER:

Post New Comment

No Smilies More Smilies »