Powered by Bravenet Bravenet Blog

12/5/2014

0:15

TCHIVINGUIRO + 1 "CAUSO'...A ORIGEM DA PALAVRA "CAPIANGO"! by Antero Sete

TCHIVINGUIRO + 1 "CAUSO'...A ORIGEM DA PALAVRA "CAPIANGO"!

A sequência de "causos" está-se tornando um enredo muito semelhante a uma tigela cheia de tremoços, quando se come um não se consegue parar mais até comer o ultimo e, se forem acompanhados com uma cervejinha estupidamente gelada então...
Pois é, então vamos substituir os tremoços e as cervejas pelos "causos" que os nossos colegas me vão enviando e lembrando, para que não fiquem mofando na memória de poucos e sejam ventilados pela curiosidade de muitos.
O de hoje foi-me sugerido pelo nosso colega José Azevedo "Pica-Pau", causado por um outro nosso colega José Vilela de Freitas "Tecto", infelizmente já falecido vítima da "exemplar descolonização" e da brutalidade humana!
O "Tecto" era meu contemporâneo e colega de turma, entramos juntos para o Tchivinguiro. Possuidor de uma inteligência fora do comum era considerado pelos professores como um dos alunos mais inteligentes e dedicados da época.
A sua alcunha "Tecto" ficou registrada pelo solene e tradicional baptismo ministrado por Sua Excelência o Reverendo e Primeiro Bispo do Tchivinguiro e Caholo "Dom Esgueira", também chamado de Rodolfo Romão Veiga.
Chamávamos o Vilela de "Tecto" devido a um problema que ele tinha na visão, que o obrigava a colocar a cabeça levemente inclinada para o lado e ligeiramente erguida, dando a impressão que estava a olhar para o alto, podendo assim ter uma visão melhorada de tudo o que o cercava ao redor e acima da sua cabeça e, por isso, ficou "Tecto".
Lembra o "Pica-Pau" que a palavra "capiango" que em português se traduz por roubar, surrupiar, tem origem Banto e que também se usa no Uruguai ("Causos" também são cultura!), embora o acto em si esteja institucionalizado por alguns politicos universais...
Mas voltando ao "Tecto" estava ele a "capiangar" maçãs reinetas naquele pomar que ficava separado por uma vala, para baixo daquela estrada de eucaliptos que marginava lateralmente o nosso campo de futebol, que não era padrão FIFA e cujo gramado inexistente foi substituído pela mais pura e original terra Tchivinguirense (nós prestigiávamos as raízes), quando percebeu um vulto azul caminhando furtivamente por entre os troncos dos eucaliptos, em direção ao pomar, só que esse vulto era do nosso querido e saudoso director Dr. Pablo, carinhosamente chamado de "Batuta", que via de regra costumava se proteger do frio com um jaleco de malha azul marinho, e que avançava na perspectiva de surpreender em flagrante actividade de "capiango" um "capiangador" confesso.
E o "Tecto", na sua ingenuidade segundo o "Pica-Pau" e na sua criatividade, segundo eu "Sete", sabendo que não tinha como nem para onde fugir, decidiu subir numa pequena árvore que vegetava perto do pomar e pendurar-se de cabeça para baixo e esperar a chegada do "Batuta" e do consequente sermão.
Perplexo com o tamanho da atitude insólita, o "Batuta" chegou mais perto e questionou o "Tecto": "Ó Vilela, o que estás aí a fazer pendurado de cabeça para baixo?" ao que o "Tecto", aí sim, chamando toda a sua ingenuidade respondeu: "Era para o Sr, Director não me reconhecer..."
Contam os observadores de plantão, que o "Batuta" ficou estático por segundos, depois deu meia volta abanando a cabeça e soltando sonoras e alegres gargalhadas entrou na "station" e lá foi dirigindo e rindo!
Meu amigo José Vilela de Freitas,"Tecto" para todos nós descansa em Paz onde quer estejas e recebe este "causo" como um tributo de admiração, amizade e homenagem dos teus colegas e amigos José Azevedo "Pica-Pau" e Antero "Sete"!
Aquele abraço.

7 Comentários.

Posted by Tchivinguiro WebServices:

Carlos Loureiro
Conta mais coisas dessas...todas deliciosas!

Antero Gonçalves
Obrigado, meu amigo Carlos Loureiro, eu também tenho acompanhado as tuas estórias e recordações e a justa divulgação que fazes da bela cidade do Lobito, da qual também guardo ótimas recordações de alguns lugares e amigos que tive por lá, incluindo o teu saudoso Pai que me conheceu ainda menininho. Aquele abraço.

Carlos Loureiro
Eu sei, Antero.
Destes teus "causos", uma das coisas que também me agrada é o facto de eu ter conhecido e convivido com a maior parte das pessoas que referes..
Daí que tudo isso tenha um "sabor" especial para mim.
Compreendes, né?
Saudades, mas sem pieguices, garanto-te.
Feitios, isso sim!

José Avelino Dias
Parabéns, Antero Gonçalves e obrigado. Consegues tornar os casos comuns frequentes naquela Escola em memórias divertidas que acordam as coisas boas porque passamos. Abraço.

Júlio Salvador Duarte
Se há alguém que conheceu o nosso Colega e Amigo Vilela melhor que ninguém fui eu, pois fizemos a instrução primária juntos além do 1º e 2º ano do liceu. Aluno exemplar, pouco falador, sempre amigo de ajudar quando algum de nós lhe perguntáva nos pontos; COMO É QUE È ESTA PERGUNTA ????? Já nessa altura a cabeça inclinada e subida suscitava comentários da restante malta. Um forte abraço onde quer que estejas.
12/5/2014 @ 0:20

Posted by Tchivinguiro WebServices:

Rui Manuel Cuca
O Vilela completou uma formação superior, suponho que em Ciências Sociais. Reencontramo-nos no Uíge, estava eu no Instituto do Café e ele ou no Instituto de Emprego ou na Junta de Povoamento. Ali foi morto em 1975, por altura dos confrontos, em circunstâncias que prefiro não recordar, das quais escapei ou por acaso ou por sorte...... E assim, de repente, um momento alegre nos fica triste.....
12/5/2014 @ 0:21

Posted by OBAT THORS HAMMER:

Posted by VIMAX:

nice post
09/10/2016 @ 23:58

Posted by KLG PIL:

thanks
10/10/2016 @ 0:00

Posted by obat ejakulasi dini:

THENK YUO INFORMATION, Thanks for your sharing. I feel this is an interesting article, I laughed a lot. Whenever sad I'll need it, it helps me become love life

Obat Thor Hammer
18/11/2016 @ 7:36

Posted by courtney:

nice info...

HIGH HEEL COMBAT BOOTS
22/12/2016 @ 4:45

Post New Comment

No Smilies More Smilies »